terça-feira, 26 de agosto de 2014

Assédio eleitoral: votos no interior variam entre R$ 20 e R$ 100

“O mercado está inflacionado”. A reclamação vem de um candidato a deputado, que prefere o anonimato. Segundo ele, o valor mínimo pago por um voto é R$ 20, porém, na maioria dos casos, a média está entre R$ 80 e R$ 100. “Depende da cidade e de qual liderança está vendendo”, afirma. Ele, que preferiu tirar a tropa de apoiadores de alguns municípios, lista os piores locais. “O sul da Bahia está um terror. É a região mais complicada. Coaraci é um absurdo. E a região de Campo Formoso também está terrível”, pontua.

Segundo ele, áreas como o Recôncavo e Irecê, por exemplo, estão menos caras. “Quem tem ou teve prefeitura nas mãos está gastando muito. Os empresários que são candidatos também", completa. Para outro postulante a parlamentar, que estreia nas urnas, as tentativas de coerção assustam. “Tem a galera que é direta. Que diz 'fui candidato a tal coisa e tenho X votos. Se você quiser eu trabalho para você e o percentual é em cima disso'. Se trabalha só para o estadual é esse valor, se incluir o federal, racha”, revela.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Artigo: Algumas considerações sobre a violência contra o idoso

No ano de 2003, foi instituído o Estatuto do Idoso com o objetivo de regular os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. Em seu Art. 3.º, o Estatuto destaca a obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. Contudo, apesar da existência desta lei, muitos idosos têm seus direitos violados diariamente em diversos ambientes, principalmente dentro dos seus próprios lares. 
Segundo estatísticas do IBGE em 2010, a população idosa no Brasil está aumentando aceleradamente. Referente a este aumento, observa-se que a violência contra o idoso é uma realidade grave que está crescendo cada vez mais no país, representando um importante problema de saúde pública.

Ponto Novo: no Feriado de Corpus Christi, prefeito viajou para Salvador com diária paga pelo município

Somente no primeiro semestre de 2014, o prefeito do município de Ponto Nono, Adelson Carneiro Maia (PP), viajou 49 vezes para Salvador, e recebeu pelas diárias mais de R$ 23.000,00 (vinte e três mil reais). Segundo levantamentos do blog ivansilvanoticia no Portal da Transparência além do salário de R$ 13.000,00 (treze mil reais) que recebe todos os meses, o prefeito recebeu de Janeiro a Junho de 2014, por mês, apenas de diárias, aproximadamente valor de 3.930,00 (três mil e novecentos e trinta reais), que multiplicado por seis, chega ao valor de R$ 23.850,00.

Ainda na transparência municipal, segundo publicação do dia 18/06/2014, a equipe do ivansilvanoticia constatou que nessa data, segundo processo administrativo Nº 931, o prefeito Adelson Carneiro Maia, esteve em Salvador nos dias 19 e 20 de Junho resolvendo problemas do município na Casa Civil, CONDER e Assembleia Legislativa da Bahia.  Pelas duas diárias o prefeito recebeu R$ 960,00 (Novecentos e sessenta reais). Conferindo o calendário de 2014, mês de Junho, o blog ivansilvanoticia ainda constatou que dia 19 de Junho foi feriado nacional de Corpus Christi, e mesmo assim, em pleno feriado nacional, o prefeito viajou para Salvador e ainda foi contemplado com diárias.
No ultimo sábado (23), tentamos contato com o prefeito, Adelson Maia, mas o site não conseguiu via telefone localizar o gestor. Caso o mesmo tenha interesse em prestar esclarecimentos à sociedade de Ponto Novo o blog estará à inteira disposição.

Fonte: Ivan Silva Notícia

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Câmara de Ponto Novo votará contas do ex-prefeito Marcos Silva no dia 29

Da Redação
Portal Ponto Novo
As contas da gestão do ex-prefeito Marcos Silva, exercício 2012, serão votadas pela Câmara de Vereadores de Ponto Novo na próxima sexta-feira (29), durante a sessão ordinária, a ser realizada a partir das 09:00 hs da manhã.


Agora, os vereadores poderão manter a decisão do TCM ou mudá-la, o que seria algo inédito no município.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Finalmente! TCM fará auditoria em Ponto Novo

Hoje, Marcos Silva se vangloria dos empregos gerados via Cecosap
O Tribunal de Contas dos Municípios determinou na sessão desta quinta-feira (21/08) a realização de uma auditoria na prefeitura do município de Ponto Novo, na Chapada Diamantina, para investigar os termos de parcerias assinados pelo ex-prefeito Antônio Marcos Alves da Silva com a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Centro Comunitário Alto Paraíso (CECOSAP), que recebeu, ao longo de três anos, R$6.102.576,77. A suspeita é que o objetivo tenha sido mera intermediação de mão-de-obra.

A denúncia foi apresentada ao TCM pelos então vereadores Antônio Josué, Jair Venâncio, Adelson Maia, David Porcino e Miguel dos Santos. Os conselheiros decidiram aprovar a sugestão de realização de auditoria, apresentada pelo relator, Paolo Marconi, porque auditorias e inspeções feitas em vários outros municípios, por determinação do tribunal – muitos deles com processos já julgados pela corte – demonstraram a existência de irregularidades e ilegalidades na execução de despesas desta mesma OSCIP.

Segundo o relator, em diversos casos julgados envolvendo a CECOSAP, as conclusões têm sido invariavelmente no sentido de que tal entidade vem servindo sim como mera intermediadora de mão-de-obra, como forma de fugir à promoção de concurso público para a seleção de servidores, em infringência ao art. 37, inciso II, da Constituição Federal.

Íntegra do voto do relator da denúncia formulada contra prefeitua de Ponto Novo. (O voto estará disponível após conferência)

Fonte: TCM

Top Seguidores

Related Posts with Thumbnails
EVENTOS, NOTÍCIAS, COBERTURAS E OPINIÃO COM IMPARCIALIDADE, QUE FAZEM DESTE SITE O MAIS ACESSADO DA CIDADE. RUMO AO TOPO NA REGIÃO! pontonovo.net@hotmail.com