Header Ads

PROJETO DE IRRIGAÇÃO DE PONTO NOVO – BA, ENTREGUE A PRÓPRIA SORTE.



Com quase vinte anos de implantação do Projeto de Irrigação de Ponto Novo no Norte da Bahia; as famílias reassentadas que foram retiradas da margem do Rio Itapicuru para construção da Barragem de Ponto Novo vivem umas das piores fases da sua história. Além de não poderem produzir porque interromperam a irrigação, até a água para consumo humano está ameaçada; além de ser insuficiente para o consumo diário de cada família, agora a Embasa órgão responsável para distribuir a água quer se eximir dessa responsabilidade. Nem o Poder Público Municipal nem Estadual apontam alternativas para solução desse problema. Enquanto isso, as famílias que já passam dificuldade para garantir alimentação; nem água que é um direito universal conseguem. O que esquecem é que essas pessoas foram retiradas de suas origens para implantação da barragem, existe uma responsabilidade social que não deve ser esquecida. Também não é de estranhar como historicamente essas pessoas foram tratadas pelas lideranças políticas, que ficam brigando pra ver quem vai trazer o delegado pra cidade e não dá importância devida ao projeto. Não que não seja importante a vinda de um delegado, mas, a urgência é garantir a sobrevivência das famílias e manter forte a economia do município. Será que temos alguma coisa a comemorar na Festa de Maio?
(Publicação autorizada pelo professor Renato Gonçalves da Silva, autor do texto)
Postar um comentário