Header Ads

Prefeito Adelson Maia causa revolta na população ao dizer que "o CAPS é lugar de doido"

Da Redação
Portal Ponto Novo
O Prefeito de Ponto Novo Adelson Maia provocou intensa revolta na população de Ponto Novo numa entrevista que concedeu à Rádio Paiaiá FM na tarde desta quinta-feira (09). Em comentários voltados, especialmente, ao ex-prefeito Marcos Silva, o prefeito demonstrou-se transtornado e passou parte do tempo respondendo aos comentários feito por ele (Marcos) na semana passada, na mesma emissora.

Aos responder sobre um suposto comentário do ex-prefeito de que ele perdeu mais apoio do que ganhou, Adelson perdeu a compostura e disparou: "...Lá tem um sistema CAPS, é lugar de doido, o lugar dele é lá no CAPS, diga a ele que vá lá pro CAPS, porque o cara que disser que eu perdi mais do que o que ganhei, ele é louco, pode pegar e internar, ou mandar procurar se tem uma ficha lá pra ele se internar, no CAPS, lugar de doido..."

Ouça:


O comentário infeliz agitou as redes sociais e as rodinhas de conversas na cidade. Pais, parentes de pessoas especiais, tutores, amigos e a população em geral aproveitaram, principalmente o Facebook, para desabafar e criticar a atitude do prefeito Adelson. Veja alguns comentários:
Os Centros de Atenção Psicossocial - CAPS são instituições destinadas a acolher pacientes com transtornos mentais, estimular sua integração social e familiar e apoiá-los em suas iniciativas de busca da autonomia, oferecendo-lhes atendimento médico e psicossocial (fonte: spdmpais).

Depois da repercussão negativa, o próprio prefeito apressou-se em pedir desculpas pelo erro. Ouça:

Uma nota tabém foi divulgada:

Nota de Esclarecimento

Em entrevista concedida nesta quinta feira, dia 09, por mim, Prefeito Adelson, ao programa Espaço Livre da Rádio Paiaiá FM, eu fiz diversos esclarecimentos referentes à entrevista anteriormente dada pelo ex-prefeito Marcos Silva.
Para o melhor esclarecimento da população, quero que fique bem claro que me expressei de forma equivocada quando disse que; “o ex-prefeito deveria ser internado no CAPS, por ser ele um louco”. De maneira nenhuma quis ofender os usuários deste tão conceituado SERVIÇO,

E destacar a implantação do CAPS (Centro de Apoio Psicossocial) na nossa gestão, que está inserido no processo de reforma sanitária e mental. Diante disso, cabe expor que no calor de emoções cometi um ato falho, no quesito da “Interpretação” dada a quem é usuário da instituição. Diante disso, quero humildemente pedir desculpas às pessoas que se sentiram ofendidas pelas minhas palavras mal colocadas.

E reafirmo que sempre estive empenhado na implantação e melhoramento do serviço. Portanto, minhas desculpas, por ter sido interpretado por algo que respeito, luto e estou inserido nas defesas pelo eixo central das lutas da saúde mental que é o respeito, cidadania e atendimento humanizado.

Att.,

Adelson Carneiro Maia
Prefeito Municipal
Postar um comentário