Header Ads

Senhor do Bonfim: servidores públicos anunciam paralisação de advertência

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim decidiu na tarde desta quarta-feira (20) entrar em paralisação de advertência no período de 27 a 28 de março, até lá eles pretendem fazer diversas mobilizações e manifestações para divulgar o estado de greve.

Essas ações têm dois objetivos, informar a população do estado de greve e, também, pressionar o poder executivo a abrir um canal de negociação com o sindicato em relação ao Reajuste salarial 2015/2016 pleiteado pelos servidores desde Fevereiro deste ano sem qualquer pronunciamento por parte do executivo municipal.

O estado de greve foi decidido em Assembleia Geral Extraordinária na tarde de hoje (quarta-feira) e contou com dezenas de servidores dos mais diversos setores da administração municipal, Entre eles Agentes Comunitários de Saúde ACS, Guardas Municipais, Garis, Técnicos, Enfermeiro, E Agentes de Combate as Endemias que tem travado Juntos com a sociedade uma verdadeira guerra no combate as doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegipty causador da Dengue, Chikungunya, e Zika vírus, que vem preocupando e ameaçando a vida da população Bonfinense nos últimos dias.

Entre suas principais reivindicações os trabalhadores tratam Revisão Geral Anual de Vencimentos, mediante a reposição do índice da inflação acumulado no ano de 2015, baseado no INPC na ordem de 11,27%, e Melhorias nas condições de trabalho dos servidores públicos municipais como as mais importantes.

O cronograma do movimento grevista prevê que até o próximo dia 28 haverá a realização de mobilizações e manifestações do estado de paralisação nos diversos setores da municipalidade.
Se neste período o Poder Executivo não abrir negociações o Sindicato convocará nova Assembleia Extraordinária para decidir Greve Geral por tempo Indeterminado.

Segundo a coordenação do SISMUS, o prefeito municipal Edivaldo Martins Correia não tem dado o mínimo de importância às reivindicações dos trabalhadores ate o momento.

por Marlon Reis
Postar um comentário