Header Ads

Juazeiro: cinco personagens podem estar envolvidos no assassinato da menina Beatriz

Na entrevista coletiva concedida à imprensa regional na manhã desta terça-feira (29), o delegado Marceone Ferreira, depois de detalhar as ações que a Polícia Civil capitaneada por ele está realizando para elucidação do caso da menina Beatriz, acrescentou novas situações deparadas pela equipe de investigação, dentre elas a de que a menina não foi morta no lugar onde o corpo foi encontrado. Para ele a garota foi assassinada em outro local da escola e levada para o depósito.

Essa conclusão é da Polícia Científica, representada inclusive por um perito, na entrevista. Para chegar a este raciocínio, o delegado disse que não havia gotejamento de sangue no local onde a criança foi encontrada morta, só havia sangue em baixo da criança, explicou o delegado.

Outra novidade é que a polícia já esta trabalhando com a perspectiva de que o crime contou com a participação de mais de uma pessoa. A morosidade da investigação, segundo o delegado se dá por conta das dificuldades encontradas no monitoramento da escola, segundo ele na noite do crime lâmpadas dos corredores estavam apagadas, o que dificultou as imagens de entrada e saída de pessoas na área.

O delegado disse que existem, o que ele define de 5 personagens, como suspeitos na participação do crime, esses personagens podem estar ligados à escola e poderiam estar envolvidos no assassinato. Os suspeitos, 4 homens e uma mulher, segundo o delegado, seriam pessoas de dentro da escola. As investigações vão continuar e existe uma determinação da Secretaria de Segurança Pública do estado de Pernambuco de que haja prioridade total para o caso da menina Beatriz. O delegado pediu para que a sociedade aguardasse novas informações.

Blog do Vinicius de Santana
Postar um comentário