Header Ads

Dupla acusada de matar agente da PF em Juazeiro é morta em confronto em Campo Formoso

Cinco dias após deflagrada a operação da Policia Federal para investigar o latrocínio do agente da PF Wilson Neto, dois homens morreram em uma troca de tiros com os policiais. Eles haviam fugido em direção ao Pólo Senhor do Bonfim. Inicialmente, permaneceram homiziados em Filadélfia, onde atearam fogo no veículo do Policial Federal que fora roubado. Depois disto, iniciou-se uma verdadeira caçada, com informantes, grupos da Policia Federal, do DRACO/SSP, do 6 BPM e da 54 CIPM.

Na noite de ontem, quinta (03), através de denúncias, foi informado que os elementos encontravam-se homiziados no Povoado do Cupim, Distrito de Campo Formoso. Hoje (04), por volta das 17:00, prepostos da PF, da PM, da PRF e da SSP foram até o local e lá chegando, foram recebidos à bala. No revide os elementos vieram a tombar.

A Polícia Federal também confirmou que que um terceiro elemento foi preso durante o decorrer da operação sob acusação da morte do policial. Segundo a PF ele teria confirmado participação no crime e que a quadrilha queria tomar o veículo do policial para praticar assaltos na região.

Bahia Acontece. Informações e foto Edson Paim
Postar um comentário