Header Ads

Ponto Novo, 27 anos: motorista denuncia três anos sem reajuste salarial

Roberto Santos, motorista concursado | Reprodução/Facebook
Da Redação
Portal Ponto Novo
Após publicações referentes as mobilizações da classe dos professores que reivindica aumento salarial em Ponto Novo, agora é a vez de motorista concursado e que presta serviços a uma secretaria do município, reclamar da falta de reajuste.

Procurado pelo sr. Roberto Santos, motorista que atua na secretaria de assistência social, mais precisamente no Conselho Tutelar, o Portal Ponto Novo recebeu a denúncia de que a classe está sem um centavo de reajuste há mais de três anos. Segundo ele, o último, aconteceu ainda na gestão passada.

Roberto Santos ainda disse que na gestão anterior, os salários dos motoristas costumavam ser reajustados juntamente com o salário mínimo, mesmo sendo uma pequena porcentagem, mas havia aumento. Insatisfeito com o descaso, resolveu denunciar e alertar que não é só a classe dos professores que sofre na atual administração, mas o salário defasado dos motoristas é uma vergonha.

Com a palavra a Prefeitura de Ponto Novo e o prefeito, que não costumam se manifestar sobre matérias publicadas aqui, mas espaço nunca faltou.
Postar um comentário