Header Ads

Polícia descarta hipótese de estupro em caso de meninas encontradas mortas em Cansanção


A Polícia Civil descarta a possibilidade de que as garotas Yasmin de Almeida Souza, de 8 anos, e Leonarda Silva Ferreira, encontradas mortas em um tanque, tenham sido estupradas e depois afogadas. O caso aconteceu no município de Cansanção, região do Sisal, na última sexta-feira (12).

De acordo com informações fornecidas ao Bahia Notícias pela Delegacia de Polícia da cidade, as investigações se encaminham para confirmar a hipótese inicial de que as meninas morreram afogadas. A versão oficial da polícia aponta que Leonarda morreu ao entrar no tanque para salvar Yasmin, que estava se afogando.

A possibilidade de que as garotas tenham sido assassinadas foi levantada pelo avô das crianças, José Jerônimo, em entrevistas à imprensa local. A polícia aguarda o laudo do Departamento de Polícia Técnica de Senhor do Bonfim, que vai atestar a causa da morte.

Os corpos das garotas foram encontrados por populares, boiando em um tanque no bairro Laje da Tapera. Segundo depoimento de José Jerônimo, elas estavam desaparecidas desde a tarde da última quinta-feira (11), depois de fugirem de casa.
Postar um comentário