Header Ads

Mundo Novo: Adab orienta descarte de animais mortos por raio

O diretor de Defesa Animal da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Rui Leal, determinou que técnicos do escritório da agência em Mundo Novo, a 292 quilômetros de Salvador, inspecionassem a fazenda no distrito de Ibiaporã, onde 15 cabeças de gado foram mortas por um raio, orientando o proprietário quanto ao descarte dos animais.

De acordo com Rui, em casos como esse, a carne não deve ser consumida. “A orientação é que os animais sejam incinerados ou enterrados em valas com cal”, diz o diretor de Defesa Animal da Adab, vinculada à Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri).

Os técnicos da Adab também orientam os criadores quanto a fazer o aterramento correto das cercas para evitar que ao ser atingidas por raios a carga elétrica não se propague, atingindo os animais. “Não temos como evitar os raios, mas podemos minimizar o perigo e as consequências”, diz Rui Leal.

A morte dos animais ocorreu na tarde dessa segunda-feira (4), quando a região de Mundo Novo foi atingida por um temporal, com ventos fortes, relâmpagos e trovões.

Ascom Seagri
Postar um comentário