Header Ads

Ponto Novo: vereadores estão "magoados" porque a população não comparece às sessões, reuniões e audiências

Publico presente em uma sessão da Câmara de Vereadores de Ponto Novo (Web Interativa)
Não é piada! Uma matéria publicada pelo blog Web Interativa na manhã desta quinta-feira (26) destaca a insatisfação dos vereadores de Ponto Novo com a presença da população nas sessões da Câmara. Segundo o blog, há dias em que apenas a equipe do meio de comunicação que é responsável pela cobertura e divulgação das reuniões e mais um senhor, que é frequentador assíduo, se fazem presentes.

A situação é bem vexatória, e os nobres vereadores se mostram tristes e insatisfeitos com o baixo, ou praticamente inexistente interesse do povo pelas atividades daquela casa.

Talvez essa seja uma forma de o povo demonstrar também sua insatisfação com os representantes do Legislativo do município. O Portal Ponto Novo já esteve em algumas sessões em que após a leitura da ata, não há mais nada a tratar, abrindo espaço para as considerações finais e a reunião é dada por encerrada.

Está na hora de os vereadores reconquistarem a confiança do povo, trabalhar para que as sessões voltem a ser mais atrativas e que se veja projetos e discussões mais contundentes.

Na audiência convocada para se discutir a segurança pública, o que se viu foi perda de tempo, atraso, discussões vazias e temas apenas lidos e sequer discutidos, pauta enorme e falta de objetividade. Fica a pergunta: o que se produziu de concreto após aquela audiência? Não vi nenhum vereador anotando nada, não vi nenhum vereador sugerindo ou sequer usando a palavra para debater, questionar, perguntar, enfim...

Apenas os policiais presentes falaram de forma mais objetiva, expondo a real situação da segurança em Ponto Novo, relatando situações vividas por eles, dentre outros assuntos.

Fora isso, foi dada a palavra para todos da mesa, que cumprimentaram os presentes. Logo após, o presidente leu os temas da pauta, e algumas pessoas se arriscaram a falar, mas não houve nenhum documento proposto ao final da audiência. Ou seja, totalmente infrutífera, porque se falou (e pouco) dos problemas, mas sugestões ou propostas para melhorar a segurança, não houve.

Faltou debate de ideias, faltou objetividade nos temas, faltou mais critério nas discussões, faltou o prefeito, faltou a Polícia Civil, enfim, faltou tudo que seria importante para um evento desse tipo.

Sendo assim, como querer que o povo participe mais de reuniões sem objetividade, sem finalidade e sem critérios? Como participar de sessões que costumeiramente se lêem atas e seguem-se às considerações finais?

O que será que está errado nisso tudo? Pensem!
Postar um comentário