Header Ads

Ponto Novo: tempo quente e seco aumenta casos de doenças respiratórias

Dias quentes e baixa umidade trazem desconforto para os pontonovenses (Portal Ponto Novo)
Da Redação
Portal Ponto Novo
Com informações do G1
Baixa umidade relativa do ar e muita poeira, uma combinação perigosa para a saúde das pessoas. O tempo seco, comum  no estado nesta época do ano, contribui para que as doenças respiratórias aumentem, principalmente para quem tem alguma alergia respiratória.

Em Ponto Novo, a umidade do ar durante a tarde fica abaixo do nível considerado aceitável. Segundo a escala usada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade relativa do ar ideal é de 60%. A umidade entre 60% e 30% é considerada aceitável. Abaixo de 30% e acima de 20% já representa 'estado de atenção'. Abaixo de 20% representa 'estado de alerta'. Quando o nível de umidade relativa do ar fica abaixo de 12%, entra em 'estado de emergência'.

Segundo o site Tempo Agora, a umidade relativa do ar mínima prevista para essa semana em Ponto Novo pode chegar aos 12%, semelhante à umidade do deserto do Saara, que possui uma média entre 10% e 15%. A situação só deve melhorar a partir do dia 18 de novembro, quando os institutos de meteorologia preveem chuva para a Bahia.
Chuva prevista para a Bahia, a partir do dia 18 de novembro (Reprodução Canal Rural)
O alergista Guilherme Pullici explica que os problemas mais comuns nesta época do ano são doenças como asma, rinite, sinusites, bronquites e doenças infecciosas como pneumonias e gripes. "Tem também as doenças de pele, que aparecem com mais frequência nessa época por causa do tempo seco. Os portadores de doenças crônicas, como doenças cárdiopulmonares estão mais suscetíveis a ter complicações", comenta o médico.

Ainda segundo o profissional, os problemas podem ser amenizados a partir de algumas medidas. "Uma coisa importante é lavar bem as mãos porque elas que transmitem de pessoa para pessoa. Deixar os espaços com portas e janelas bem abertas, para que o ar circule  e evitar lugares fechados com muitas pessoas, porque é assim que as doenças virais transmitem cm mais facilidade", afirma.

Um fator que o médico ressalta a importância é a hidratação adequada "O nosso sistema imunológico depende de água para o correto funcionamento", afirma. A alimentação adequada também  é comentada pelo alergista "A ingestão de alimentos adequados, ricos em vitaminas e sais minerais, como frutas e verduras. E a ingestão de sucos é muito importante", explica o médico.
Postar um comentário