Header Ads

Barragem de Pindobaçu: e-mail sobre obra baiana embasou denúncia da Lava Jato

Barragem de Pindobaçu foi apontado como possível alvo de cartel de empreiteiras | Foto: Divulgação
A denúncia oferecida contra Alberto Youssef, Fernando Baiano, Paulo Roberto Costa e outros nove investigados na Operação Lava Jato na última terça-feira (29) trouxe como prova uma correspondência eletrônica entre executivos da Camargo Corrêa sobre as obras da barragem de Pindobaçu, na região de Jacobina. O e-mail, enviado por Pedro Brito, cita nominalmente um acordo entre empreiteiras para obras estatais. “Não entreguei a proposta devido ao consenso das empresas que fazem parte do acordo, no qual todas o cumpriram, de que nossa proposta só seria usada caso fôssemos competitivos com as possíveis furadoras do acordo, a decisão de não entregar foi mais em função de manter a integridade do grupo para o mercado futuro, e claro depois de verificar que não tínhamos a menor possibilidade de ganhar a obra ou de executá-la pelo preço do primeiro colocado”, escreve Brito. De acordo com o executivo, um erro por parte da comissão de licitação permitiu que as empresas conhecessem o preço das concorrentes antes da entrega de uma nova proposta. 

A troca de e-mails aconteceu em 2001 e, um ano depois, a licitação foi vencida pela EIT, com custo de R$ 23 milhões e financiada pelo Banco Mundial, com contrapartida do governo da Bahia. Logo após a inauguração, no entanto, em 2005, o lago foi esvaziado depois que fissuras no paredão assustaram moradores da região. Encaminharam propostas para participar do certame Andrade Gutierrez, Mendes Júnior, OAS, Queiroz Galvão, DM (sem identificação) e EIT, que apresentou a proposta mais cara no primeiro momento, mas acabou vencendo a licitação. A denúncia acatada pelo juiz Sérgio Moro aponta ainda o pagamento de propina de 2% para dirigentes da Diretoria de Serviços da Petrobras na obra de construção e montagem do píer do Terminal de Regaseificação da Bahia – TRBA, em Salvador (BA).

Bahia Notícias
Postar um comentário