Header Ads

Bahia: helicópteros ficarão de plantão no interior para combate a assaltos a bancos

O comandante da Polícia Militar do Estado (PM-BA), Anselmo Brandão, em entrevista à Rádio Metrópole nesta terça-feira, 14, falou sobre as iniciativas da PM para diminuir o número de ataques contra bancos e informou que duas aeronaves serão deixadas em estado de alerta para ocorrências que venham a acontecer no estado.

"Uma aeronave no norte e outra no leste, em estado de alerta. Eu não tenho dúvida que com essas ações de mobilidade para o enfrentamento das quadrilhas, fora as ações que estamos realizando diuturnamente, nós vamos ter uma redução significativa", disse.

Anselmo Brandão também relembrou o assalto a um banco na cidade do Conde (a 205 quilômetros de Salvador), onde funcionários foram usados como escudos humanos amarrados nos carros, e destacou que, apesar das ações ousadas, o índice de ocorrência a bancos diminuiu 20%, em comparação com 2014.

"Esse ano, aconteceu no Conde e ainda está acontecendo (ações este tipo em outras cidades), infelizmente. Mas estamos com força-tarefa no interior do estado e temos muitas quadrilhas monitoradas. Tanto que este ano já prendemos seis quadrilhas. Já estamos com uma redução de 20% comparado com o ano passado, mas estatística é frio para a comunidade. Estatística é coisa para gestor", disse ele.

Ataques a banco

Segundo balanço divulgado pelo Sindicato dos Bancários, até o dia 14 de julho, foram registrados 124 ocorrências contra bancos na Bahia. As cidades do interior são o alvo mais frequente a com 85 ataques. Já foram 78 explosão, que é o método mais usada pelos bandidos.

Em Salvador, são 31 casos registrados. O último, na manhã desta terça-feira, foi registrado no bairro de Campinas de Pirajá. Lá, os criminosos tentaram explodir caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal.

A Tarde
Postar um comentário