Header Ads

Senhor do Bonfim: julgamento de João Macedo é adiado após defesa desistir do caso

O júri popular que irá julgar o ex-policial militar e ex-investigador da Polícia Civil,  João Macedo dos Santos, e que seria realizado nesta terça-feira(12) foi adiado para o próximo dia 16 de junho. Os advogados de defesa do réu renunciaram a defesa horas antes da sessão de julgamento.

Os réus terão dez dias para indicar novo advogado ou serão defendidos por um defensor público. João Macedo, é acusado de matar a própria esposa a estudante Márcia Regina com requintes de crueldade. Márcia foi algemada e torturada até a morte. Após mata-la, João com auxilio do seu irmão Renato Macedo, também réu no processo, forjaram um acidente e fizeram uma verdadeira encenação.

Um membro da família de Márcia Regina, que morreu em outubro de 2011, falou  sobre o caso, mas preferiu se manter anônimo. “A gente não sabe se isso [renúncia do advogado de defesa] é uma estratégia para ganhar mais tempo. A gente quer justiça e estamos tão perto”, disse.

Familiares e amigos de Márcia Regina protestaram do lado de fora do fórum. Muitos usavam camisas com a foto de Márcia e pedindo justiça. João Macedo, chorava durante todo o tempo em que ficou sentado escoltado pela polícia.

Blog do Walterley Kuhin
Foto Silvanei Viana
Postar um comentário