Header Ads

Editorial: Falsas promessas

O Governo Federal anunciou mudanças que aumentam o rigor na concessão de benefícios sociais; seguro desemprego somente após 18 meses seguidos de trabalho, para receber abono salarial será necessário trabalhar 6 meses ao invés de um mês como é hoje, seguro defeso (pago a pescadores) exige registro de no minimo 3 anos e pagar previdência por 1 ano, pensão por morte também sofrerá demasiadas mudanças, entre elas o fato de cair para apenas 50% do salario, cônjuges com idade igual ou menor que 44 anos anos não terão direito a pensão por morte. Auxilio doença? Apenas com 30 dias de afastamento e não mais 15, aos desafortunados que são induzidos a tentação de comprar atestados médicos com fins de burlar aposentadorias comecem a economizar, pois deverão desembolsar uma boa grana para conseguir o feito.

Meu ponto de vista é simples. Órgãos públicos direcionados a previdências sociais, aposentadorias e afins estão entrando em falência, isso preocupa o governo, pois sem estes órgãos seria praticamente impossível mascarar a miséria brasileira, então encontraram uma solução rápida e simples, Diminuir, cortar, dificultar o acesso a tais benefícios.

Agora eu me pergunto, cadê o Partido dos Trabalhadores? Aquele que defende nós pobres indefesos e desafortunados?

Agora para finalizar o informativo, um tanto preocupador a uma certa ala de eleitores e pessoas as quais não gostam de estudar e/ou trabalhar, deixo uma afirmação dita pela atual presidente do país em sua campanha eleitoral: - Mexer no beneficio social do trabalhador, nem que a vaca tussa.

Ativista da Direita Politica.
Postar um comentário