Header Ads

Comissão discute limites territoriais entre Ponto Novo e Queimadas

Em mais uma reunião de trabalho da Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação da Assembleia Legislativa da Bahia, presidida pelo deputado Carlos Brasileira (PT) e realizada nesta quarta-feira (03), os representantes de Ponto Novo e Queimadas – prefeitos, secretários e vereadores –   discutiram sobre os limites territoriais entre os dois municípios. O objetivo é apontar caminhos para as demarcações e iniciar os trabalhos de atualização das divisas.

As comunidades de Marrecas, Raposa, Peixe, Lagoa das Camaradas e Sanharol, hoje localizadas em Queimadas, reivindicam inserção no território de Ponto Novo. Os moradores, que realizaram um abaixo assinado, justificam o pedido de inclusão devido à proximidade e localização de estradas vicinais, além de já terem suas necessidades básicas, sobretudo serviços públicos, atendidos pela Prefeitura de Ponto Novo. A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia ligada à Secretaria do Planejamento (Seplan), também realizou um estudo preliminar sobre os limites.

Depois de mediar as explanações das duas partes, Carlos Brasileiro afirmou que o trabalho da equipe da SEI vai colocar em ordem os limites territoriais. Ele pediu a compreensão de todos, “e que tudo caminhe em harmonia para uma definição que satisfaça a todos, principalmente à população”. Estiveram presentes na reunião os prefeitos de Ponto Novo, Adelson Maia, e de Queimadas, Tarcísio Pedreira.

Gabinete do Deputado Carlos Brasileiro
Assessoria de Comunicação
Postar um comentário