Header Ads

Crime ambiental: riacho de água salgada e poluída está contaminando o Rio Itapicuru-Açu em Ponto Novo

Riacho poluído que deságua no Rio Itapicuru, em Ponto Novo (Portal Ponto Novo)
Da Redação
Portal Ponto Novo
Um riacho que corta uma das estradas vicinais de Ponto Novo está lançando água salgada e poluída com agrotóxicos do Distrito de Irrigação no Rio Itapicuru-Açu. O Portal Ponto Novo e a Web Radio Interativa estiveram na manhã deste domingo (07), acompanhando e fotografando o trecho próximo ao rio até a sua foz. Infelizmente, a situação é preocupante porque, através das imagens, é possível notar o sal que se acentua às margens do riacho e que é lançado diretamente no rio, a menos de 100 metros do local em que caminhões pipa são abastecidos para atender a população da zona rural.

Um funcionário de uma fazenda próxima disse que este riacho já contaminou um lago no mesmo terreno, que era de água doce e agora não serve para mais nada. Segundo ele, antigamente, só tinha água corrente em períodos de chuva, porém, agora, a água corre quase todos os dias.

Além da possível contaminação dessa água, peixes podem estar sendo prejudicados pela falta de política de tratamento dos resíduos liberados pelo Distrito de Irrigação, com a conivência do Poder Público Municipal.

Esse riacho é o mesmo que virou caso de polícia na semana passada, onde o prefeito Adelson Carneiro e o vereador Michel Jonathan se desentenderam quando este, tentou construir, sem autorização, uma passagem molhada na estrada para evitar que a água salgada e poluída continuasse causando estragos nos veículos que por ali transitam.

Outro morador de Ponto Novo disse à nossa reportagem que dentro do Distrito existe uma lagoa que recebe toda essa água e que está contaminando o solo ao redor e matando a vegetação.

Com a palavra, o Distrito de Irrigação e a Secretaria de Meio Ambiente de Ponto Novo, afinal, alguma coisa precisa ser feita ou o Rio Itapicuru poderá estar comprometido em pouco tempo. O que será feito por ambos, a partir de agora?

Veja mais fotos:




























Postar um comentário