Header Ads

Prefeito Adelson mente ao usar o nome do Portal Ponto Novo para evitar cancelamento do Processo Seletivo

Da Redação
Portal Ponto Novo
O Processo Seletivo Simplificado, realizado pela Prefeitura Municipal de Ponto Novo no mês de junho deste ano continua dando o que falar. Após Representação do vereador Michel Jonathan (PDT), alegando que os princípios básicos da publicidade e da igualdade não foram respeitados, o Ministério Público notificou o prefeito Adelson Carneiro, que argumentou que o edital foi sim, divulgado, no mural da Prefeitura e também no Blog mais acessado da cidade, referindo-se ao Portal Ponto Novo.

O Portal Ponto Novo repudia veementemente a atitude mentirosa do prefeito que se utiliza do crédito deste veículo de comunicação para tentar encobrir e justificar seus erros. Convém ressaltar que a matéria postada aqui no dia 12 de junho de 2014, não foi enviada pelo prefeito nem por sua assessoria, muito menos pela organização do referido processo seletivo. A matéria teve cunho denunciativo, uma vez que a população sequer sabia, e o Edital foi publicado dois dias antes do início das inscrições, no site http://www.doem.org.br/ba/pontonovo, até então, desconhecido da maioria da população. Quando o Portal Ponto Novo descobriu que as inscrições estavam abertas, no dia 12, ao meio-dia, já estava no segundo dia, dos três possíveis para qualquer candidato se inscrever.

Então, a justificativa dada à Promotoria é, no mínimo, descabida, porque o senhor prefeito sabe muito bem que a publicidade de um concurso ou processo seletivo deve acontecer com a maior antecedência possível, e o mesmo deve enviar todas as informações para os veículos de comunicação, o que não aconteceu neste caso. A matéria foi uma denúncia, ao mesmo tempo que alertou a comunidade sobre o evento.

O vereador Michel tem dez dias para apresentar suas contrarrazões à Promotoria.
Clique para ampliar
Postar um comentário