Header Ads

Treze técnicos de Salvador envolvidos em esquema fraudulento de assinatura de TV são presos

Uma operação da Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (11) 13 técnicos terceirizados de uma empresa de telefonia que estão envolvidos em um esquema fraudulento para comercializar assinaturas de TV a cabo em nome de terceiros. A operação foi conduzida pelo Grupo Especial de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos (GME) cumpriu ainda 17 mandados de busca e apreensão. Estão presos Cleiton da Silva Santos, Janderson Paixão das Neves, Danilo Oliveira Abdon, Tássio Martins de Lima, Danylo Pontes dos Santos, Andre Buri, Elder Ayram Menezes Tana, Antônio Barbosa de Figueiredo Filho, André Luis de Oliveira Souza, Itamar de Figueiredo Pitanga, Rodrigo Santos E. Silva, Jean Leite Costa e Diego Magalhães Batista. Segundo a polícia, o grupo agia em diversos cargos dentro da empresa, desde técnicos que faziam as instalações para clientes, como também técnicos que trabalhavam internamente, para liberar o sinal de TV a cabo. A polícia apreendeu equipamentos como antenas e cabos nos endereços onde os técnicos foram presos. O delegado Charles Leão, coordenador do GME, disse que os dados usados no golpe faziam parte do cadastro de uma prefeitura de uma cidade do interior e tinha RG, CPF e endereço das vítimas. Eles cobravam pelas assinaturas valores de R$ 50 a R$ 100 por pacotes que saem até por R$ 400 junto à operadora. Os técnicos vão responder por furto mediante fraude e associação criminosa. Outros 15 suspeitos já tiveram prisões decretadas pela polícia.

Informações: iBahia
Postar um comentário