Header Ads

Alemanha conclui alojamento na Bahia — em cinco meses

Campobahia - Divulgação/campobahia.de
As obras para a base da seleção alemã de futebol durante a disputa da Copa do Mundo foram concluídas neste sábado. O complexo, chamado de "Campo Bahia", é localizado na Vila Santo André, em Santa Cruz Cabrália, na Bahia, — e foi erguido em cinco meses. Para chegar ao local onde o alojamento foi construído, é preciso atravessar o Rio João de Tiba em uma balsa. 

Segundo o diário alemão Bild, o mais vendido do país, a decisão de criar um projeto alternativo às opções na região aconteceu em função da insatisfação da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla original) com os hotéis próximos às sedes onde a equipe terá de jogar (na primeira fase, os tricampeões mundiais passam por Salvador, Fortaleza e Recife). Por isso, optaram por um pela construção de um complexo com catorze casas destinadas aos atletas e comissão técnica.

Nas últimas semanas, as obras foram aceleradas, com funcionários chegando a trabalhar 16 horas por dia para erguer um condomínio com 14 casas e piscina em frente ao mar. No total, haverá 60 quartos."Os primeiros visitantes do Campo Bahia já chegaram e se hospedaram. Tudo está pronto", declarou o empresário Tobias Junge ao Bild. Junge, que possui negócios no Brasil, foi o responsável por reunir empresas a financiar a construção do projeto.


O embarque da delegação da Alemanha rumo ao Brasil está agendado para a noite da próxima sexta-feira, após o último amistoso da equipe antes do Mundial, diante da Armênia, em Mainz. O primeiro jogo da Alemanha na Copa será contra Portugal na própria Bahia —, mas em Salvador, a cerca de 400 quilômetros da base alemã, o que provavelmente fará com que a delegação vá para o jogo num avião fretado.

Recife está a 1.050 quilômetros, e Fortaleza, a 1.400 quilômetros. A distância em relação ao Rio de Janeiro, onde será disputada a final da competição, é de 850 quilômetros. Os voos dos alemães deverão partir do aeroporto de Porto Seguro, que fica a 45 minutos da concentração que foi chamada de "Campo Bahia".

Por Veja (Com Gazeta Press)
Postar um comentário