Header Ads

Editorial: Ponto Novo e seus 25 anos... o que comemorar?

Da Redação
Portal Ponto Novo
É... eu sei que muita gente fica ansiosa para ler uma matéria crítica, reflexiva e realista nesse Portal, mas sei também que a cada uma delas, mais puxa-sacos me odeiam (normal, prefiro ser odiado, do que amado por eles), contudo, nenhum deles poderá desmentir-me diante das verdades aqui escritas.

No dia 24 de fevereiro, Ponto Novo estará completando 25 anos de emancipação político-administrativa, e será que a maioria esmagadora dos moradores tem o que comemorar? O jovem município tem sofrido, nos últimos anos, nas mãos de pessoas cujo dom de sugar ultrapassa a capacidade da mais inteligente sanguessuga, que se aproveitam da falta de compromisso dos vereadores, da ingenuidade dos moradores e da falta de punição da Justiça, que não coloca atrás das grades os assaltantes mascarados que deixam o povo na miséria enquanto se esbaldam em rios de dinheiro desviados na maior "cara-de-pau", rindo cinicamente dos idiotas que neles votaram e nada podem fazer.

O deboche para com os pontonovenses está atingindo um nível tão elevado, que nos últimos anos as falcatruas nem são mais disfarçadas. A cidade parou, o povo empobrece ainda mais a cada dia, enquanto uns poucos enriquecem repentinamente. Os vereadores, que mais parecem cães adestrados, com o rabo entre as pernas, já nem olham mais nos olhos dos eleitores, tão grande é a vergonha, por saberem que a cada cumprimento, o cidadão comenta dentro de si: "não voto mais nesse traste!" Vereadores que antes de eleitos eram tão bons de críticas, hoje mamam nas tetas que enriquecem os corruptos, mamam tão voluptuosamente que, pelos cantos da boca, derramam o excesso.

Quantas pessoas como eu têm vontade de encontrar um deles ou um lugar aonde possam desabafar e expor seu ódio, sua vergonha, afinal, é vergonhoso o que presenciamos nos últimos anos. Gente que bastou chegar ao poder para demonstrar que, o que importa, é sugar o máximo que puder. A impunidade lhe garantirá o direito de desfrutar o que o suor do miserável trabalhador e o voto do bobo eleitor lhe proporcionou.

Ponto Novo até teve seus momentos de fama, de desenvolvimento, há algum tempo atrás. Chegou a estar entre as principais administrações da Bahia, mas há anos, não consegue sequer dar um passo a frente. Está sendo forçado a caminhar para trás, empurrado violentamente contra o seu desenvolvimento.

A escória da sociedade tomou posse da nossa terra, desdenha da nossa capacidade, da nossa boa fé. Seria sonhar demais poder ver dezenas de viaturas e de homens da Polícia Federal algemando os ladrões de Ponto Novo e colocando-os atrás das grades? O mundo pode ser grande, o Brasil pode ser extenso, mas não existe crime perfeito, e um dia a casa cai.

Eu tenho vergonha das pessoas em quem votei. Me arrependo amargamente de ter acreditado em quem hoje ri da cara dos pontonovenses, enquanto dá exemplo do que nunca pode ser repetido. Tenho vergonha de ser de uma terra que quase não produziu políticos decentes, foram raras as exceções. Um círculo vicioso em que só mudam as caras, mas os objetivos são os mesmos.

Alô Ponto Novo! Está na hora de acordar e pensar por si mesmo. Teus 25 anos são sinônimos de maturidade, ou pelo menos deveria ser. Está na hora de começar a preparar o caminho para expulsar a escória, o lixo, da nossa cidade. Em 2016 precisamos por em prática os planos que já tomam forma. Precisamos levar às ruas a sociedade que clama por uma mudança verdadeira, que vá além dos discursos políticos, precisamos conscientizar os nossos jovens que é possível acabar com o ninho dos corruptos e das ratazanas que poluem nosso tão saudável município.

Se você, assim como eu, tem vergonha e nojo dessa escória, prepare-se, porque A MUDANÇA COMEÇA DENTRO DE NÓS, E BREVE SERÁ VISÍVEL A TODOS!

Compartilhe!!! Faça-se ouvir!!!
Postar um comentário