Header Ads

Identificado o último bandido morto em confronto com policiais em Caldeirão Grande

O corpo do jovem que morreu em confronto com a polícia em Caldeirão Grande e estava sem identificação no IML de Jacobina foi reconhecido neste domingo. Trata-se de Alan Alves dos Santos, de 20 anos, morador da comunidade de Igara, zona rural de Sr do Bonfim. O reconhecimento foi feito por familiares que reconheceram por fotos postadas na internet na noite de sábado. A tia do rapaz relatou que a família não sabia por onde ele andava desde a última quinta, 18. "Ele saiu sem dizer a família para onde ia e estávamos preocupados. A namorada conseguiu falar com ele na sexta e ele disse que estava bem, depois o celular só dava na caixa.

Foto e reconstituição que ajudou no reconhecimento
Segundo a família, Lucas era um jovem caseiro e trabalhador, até que começou a sair com algumas pessoas estranhas. "Ele era de ficar em casa, quase nunca saia, até que começou sair com estes caras deste Uno. Lucas não precisava disto, A mãe dele tem um mercadinho e tinha até feito uma casinha pra ele. Ele também montou um pequeno lava-jato e já tinha uma boa clientela, já tinha sua moto, não precisava disso. A mãe dele está inconsolável. Pra você ver o que fazem as más companhias. Só acreditamos quando vimos a foto montada na internet",  relatou sua tia.

Após  o reconhecimento o corpo foi liberado do IML e seguiu para a Igara, em Senhor do Bonfim, onde foi sepultado na tarde deste domingo.

Bahia Acontece
Postar um comentário