Header Ads

Editorial: Ponto Novo está afundado na lama da corrupção

Da Redação
Portal Ponto Novo
Confesso que nascí e me criei em Ponto Novo, porém, admito que nos últimos anos perdi totalmente a fé de que um dia tudo irá ser diferente. Os anos passam, os gestores mudam, mudam também as pessoas, mas a corrupção, as más índoles, os maus administradores, os maus eleitores nunca mudam.
A cada quatro anos a gente renova inutilmente as esperanças de que alguém irá fazer a diferença, buscando o bem-estar social, olhando para as camada mais pobres do nosso município. Ledo engano. As pessoas perderam o temor da justiça brasileira, roubam descaradamente, de forma tão explícita, que qualquer cidadão mais desinformado consegue notar. As pessoas não têm mais pudor, não respeitam as demais, passam por cima de princípios familiares e éticos para conseguir o que desejam, que normalmente tem a ver com dinheiro, ganância.

Pessoas que aparentemente são idôneas, quando menos se espera, se descobre a podridão que as envolve. Apropriação indébita, formação de quadrilha, improbidade administrativa, nepotismo, desvios de dinheiro e muito mais, estão cada vez mais frequente e menos oculto em Ponto Novo. Não, não é exagero! Tenho visto situações podres, crimes praticados sem o menor receio, tudo para satisfazer a ganância.
Num município aonde a Justiça não se faz presente de forma contundente, as escolas das falcatruas ganham cada vez mais adeptos. A imprensa não faz mais seu papel após um "cala a boca" cifrado, na Câmara não se ouve falar em oposição, o povo não acredita mais em ética, cidadania e respeito, até porque já cresceu e não acredita mais em Papai Noel.
Aí me pego pensando e perguntando a Deus qual o destino desses facínoras, bandidos? Será que esqueceram que o Justo Juiz está vendo tudo? Ai deles se morrerem agora. A justiça do homem pode até ser falha, mas de Deus ninguém escapa. Tenho pena de quem se acha intocável, que pisa nos fracos, que rouba-lhes o pouco que possui, que eleva seu ego achando que pode tudo.
Realmente, não acredito que Ponto Novo tenha jeito, que haja uma punição para os corruptos que afundam (ram) nossa cidade, mas tenho certeza, que um dia, a condenação de Deus para quem desdenha dos pobres, dos necessitados e de qualquer cidadão de bem, será certa, e dela não escapará nenhum destes.

Por Josimar Ferreira
Postar um comentário