Header Ads

Professores de Ponto Novo ainda não receberam aumento salarial em 2013

Professores reunidos na sede do Sindicato em 2012. Foto: Portal Ponto Novo
Da Redação
Portal Ponto Novo
Contrariando o que está previsto no Plano de Cargos e Salários dos Profissionais da Educação de Ponto Novo, a Prefeitura Municipal ainda não concedeu aumento salarial à categoria, que deveria acontecer no final de janeiro. Em reunião pouco proveitosa no mês de março, representantes do Núcleo Sindical estiveram reunidos com o prefeito Adelson e sua equipe, porém nada foi acertado, a não ser uma nova data para discussão e aprovação dos anseios dos professores, marcada para o dia 12 de abril. Nesse dia, a assessoria do prefeito justificou que ele se encontrava em Salvador, porém, foi visto na manifestação dos irrigantes no local aonde a adutora que levará água para Senhor do Bonfim estava sendo construída. A nova reunião foi marcada para sexta-feira (19), e mais uma vez não se teve um decisão definitiva.
A equipe do Executivo Municipal, principalmente a contábil, alegou não ter tido tempo para fazer os cálculos, pois estavam em fase de fechamento de contas para o Tribunal de Contas dos Municípios. Diante de mais um impasse, outra reunião foi marcada para o dia 09 de maio. Já se passaram 4 meses de 2013 e os profissionais estão sem aumento, cuja data-base prevista no Plano seria janeiro.
O Núcleo Sindical de Ponto Novo esteve representado na reunião por Noilton, diretor jurídico da APLB de Salvador; Dr. Diógenes, advogado da categoria; Hailton, diretor regional da APLB e representantes locais.
O Prefeito Adelson se mostrou irritado com sua equipe e disse não admitir que mais uma reunião seja marcada sem que nada seja definido. O mesmo sentimento está tomando conta dos professores, uma vez que o tempo passa e os profissionais voltam a vivenciar situações desagradáveis de gestões passadas.
Os professores reivindicam aumento de 15% no salário base, 15% referente às vantagens para professores que estão atuando na zona rural e as certificações.
Até o dia 19 de abril, as transferências constitucionais para o FUNDEB em Ponto Novo somavam R$ 3.134.922,68 (três milhões, cento e trinta e quatro mil, novecentos e vinte e dois reais e sessenta e oito centavos).
Postar um comentário