Header Ads


Cerca de 400 pessoas entre produtores rurais e centrais sindicais dos 20 municípios do território do sisal bloquearam na manhã desta segunda-feira (8) os dois sentidos da rodovia BR-116/Norte (Lomanto Junior), no trecho próximo à Cerâmica Queiroz, em Serrinha.

De acordo com as lideranças, o bloqueio da estrada tem como objetivo chamar a atenção das autoridades para a necessidade de implementação de ações de prevenção e combate a seca no nordeste baiano.
Trânsito ficou congestionado nos dois sentidos
Segundo eles, é preciso aumentar o número de carros pipa para a distribuição de água; limpar, recuperar e ampliar as aguadas; construir poços artesianos; desburocratizar o acesso ao crédito emergencial e garantir maior agilidade na distribuição de milho feita pela Companhia Nacional de Abastecimento.

Na avaliação de um dos líderes, o governo federal não está cumprindo adequadamente sua responsabilidade no enfrentamento do problema e, além disso, estaria deixando a desejar no que se refere à adoção de medidas definitivas para eliminar os prejuízos causados à população pelo fenômeno climático.

Ainda segundo os manifestantes, todas as exigências fazem parte de um acordo estabelecido com os governos estadual e federal desde 2010, início de uma das maiores secas dos últimos 60 anos, mas que, até agora, não foi cumprido.

A manifestação provocou um congestionamento de cerca de 5 quilômetros no sentido Santa Bárbara - Serrinha. Durante o protesto só era permitida a passagem de ambulâncias. Quem tinha pressa em viajar teve que pegar vias alternativas para fugir do engarrafamento.


Fonte: Portal do Clériston Silva
Foto: Araketu/PCS
Postar um comentário