Header Ads

Capim Grosso: 'Pirulito' é morto em cerco policial na região de Morro Branco

Suposto assaltante era procurado pela polícia
Um homem que estava sendo procurado pela Polícia Militar de Capim Grosso há mais de dois meses, acusado de estar assaltando e aterrorizando pessoas, principalmente na zona rural do município, foi morto por volta das 14h desta quinta-feira, 21, na região de Morro Branco.
Em entrevista, o Tenente Marcos José, na UPA 24h, para onde o corpo foi levado, informou que Pirulito, como era conhecido o homem, tinha nove mandados de prisão em aberto na cidade de Ipirá, incluindo ainda duas tentativas de homicídio em Capim Grosso, dentre elas, o fato que envolveu Zé Bileu, logo depois da meia noite de quarta-feira, 19, em sua residência, no bairro São Luis, loteamento Nova Morada.
No registro, Zé Bileu tomou um tiro na altura do umbigo, o que poderia ter ceifado sua vida. Falou ainda de 12 assaltos efetuados pelo mesmo a pessoas da cidade e zona rural.
O tenente informou ainda que, para capturar Pirulito, passou a seguí-lo, acompanhado de pessoas da comunidade que conheciam a região, e que Pirulito atirou primeiro na polícia, houve confronto e ele levou a pior.
Da região de Morro Branco, o corpo de Pirulito foi encaminhado para a UPA 24h, onde deu entrada por volta das 14h30, de onde foi encaminhado para o DPT – Departamento de Polícia Técnica - de Jacobina para os procedimentos finais. A Polícia não informou o seu nome completo, nem a sua idade.

Por Arnaldo Silva Radialista
Postar um comentário