Header Ads

Água da Barragem de Pindobaçu continua barrenta mesmo sem chover nas nascentes

Após quase 60 dias das últimas chuvas na região, a coloração da água na Barragem de Pindobaçu e, consequentemente, rio abaixo, está assustando a população ribeirinha. D. Maria, que mora na comunidade de Candelária, no município de Saúde, afirma que a água está com mal cheiro, muitas pessoas que utilizaram a água para tomar banho tiveram problemas de irritação e aparecimento de pequenas manchas na pele, ela ainda disse que não tem como usar esta água para lavar roupas ou pratos e que muita gente está cavando cacimbas próximo ao leito do rio para que a água destas seja utilizada para estes afazeres.

Para beber, estão comprando água de pessoas que transportam de outras fontes e entregam nas casas a um custo que boa parte não consegue pagar. Peixes que estavam sendo criados em gaiolas morreram tanto no lago de Pindobaçu como na barragem de Ponto Novo. segundo D. Maria, a Prefeitura de Saúde não está mandando carro pipa para abastecer a comunidade ribeirinha. Do lado de Pindobaçu ate onde fomos informado, também não acontece o abastecimento através de carro pipa.
Técnicos do INEMA explicaram na RADIO PAIAIÁ FM que tinham percorrido toda a extensão do rio para detectar o problema e que nada de anormal tinha sido encontrado. Explicaram que, por causa das chuvas fortes e o longo período sem chover anteriormente, muito material foi arrastado para o leito do rio mas logo a coloração da água voltaria ao normal. Questionados sobre a qualidade da água para consumo humano a resposta foi que a análise não tinha mostrado nada que impedisse o uso desta. a pergunta que não quer calar é: Por qual motivo a água dentro do lago da Barragem de Pindobaçu não decanta 2 meses após a chuva?
Fonte: E2SNOTICIAS
Postar um comentário