Header Ads

Mulher recusa fazer sexo com marido e tem corpo incendiado em Tucano-BA

Policiais militares do 1º-Pelotão / Caldas do Jorro, em parceira com agentes da Guarda Civil Municipal, prenderam na manhã desta quarta-feira dia 27, o pedreiro Arivaldo da Silva, 38 anos, acusado de ter ateado fogo em uma mulher identificada por Ana Mara Gonçalves Lima de 27 anos.
O fato aconteceu por volta das 03h4 min da madrugada de hoje, no bairro do Zumiro, no distrito de Caldas do Jorro, interior do município de Tucano.

Na delegacia, Galego Zaroio como é conhecido, informou para nossa reportagem, que estava mantendo relação sexual com a vítima, quando de repente, ela disse que não queria mais. Revoltado com a situação, o pedreiro começou a discutir com a parceira, e em seguida, jogou álcool na mesma e ateou fogo.

Com o corpo em chamas, Mara saiu correndo e pedindo socorro. A vítima foi socorrida por um taxista para a emergência do Hospital Municipal Mariana Penedo em Tucano, onde foi atendida pelos médicos de plantão; Gustavo Nunes e Marcelo.

Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima foi transferida com queimadoras de 2º e 3º grau, para o Hospital Geral do Estado (HGE)em Salvador.

Preso em flagrante por tentativa de homicídio, Arisvaldo foi conduzido para a DP local e entregue a policia Judiciaria, para que sejam adotadas as medidas cabíveis.
 
Fonte e foto: Gil Santos Notícias
Postar um comentário