Header Ads

Movimento Feminista faz protesto na frente da casa do vocalista da Banda New Hit

Integrantes da Marcha Mundial da Mulheres fazem uma manifestação na manhã desta terça-feira (16), em Guarajuba, contra a liberdade provisória concedida aos integrantes da banda New Hit. O protesto, organizado pelo movimento social feminista internacional, conta com mais de 100 participantes de ambos os sexos. Os manifestantes marcham em direção à residência do líder e vocalista da banda New Hit, Eduardo Martins, o Dudu. Os nove componentes da banda foram acusados de estuprar duas adolescentes de 16 e 17 anos após um show no município de Ruy Barbosa, no dia 26 de agosto.
Apesar da liberdade provisória, Alan Aragão Trigueiros, Edson Bonfim Berhends Santos, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho, Guilherme Augusto Campos Silva, Jefferson Pinto dos Santos, Jhon Ghendow de Souza Silva, Michel Melo de Almeida, Weslen Danilo Borges Lopes e William Ricardo de Farias foram denunciados pelo Ministério Público por estupro qualificado com características de crime hediondo. Para a promotora de Ruy Barbosa, Marisa Jansen, as jovens foram sexualmente abusadas repetidas vezes. 
"A marcha está se levantando contra esse caso de violência, porque estupro é crime e eles devem pagar por isso", afirma Mario Neto, líder do movimento. A ação foi organizada pelo Núcleo Negra Zeferina, que faz parte do Movimento Social Feminista, se manifesta contra a liberdade provisória concedida aos acusados no dia 3 de outubro.
Movimento feminista marcha na direção da casa do vocalista
da banda New Hit
Os nove integrantes da banda New Hit, além de um policial militar suspeito de  conivência no caso, ficaram detidos por 38 dias no Presídio Regional de Feira de Santana. Um dia após deixar a detenção, a banda foi convidada para participar do Festival de Pagode Salvador, que acontece no dia 21 de outubro.
Após protestos de consumidores através do facebook, a Skol anunciou o cancelamento do patrocínio ao festival. Através de um comunicado enviado à imprensa, a marca informou que "em respeito aos seus consumidores está suspendendo o patrocínio até que a questão envolvendo uma das atrações seja esclarecida".
Os acusados ganharam liberdade condicional no início do mês
A banda New Hit desistiu de se apresentar  no Festival de Pagode no dia seguinte ao comunicado divulgado pela Skol. Segundo Cléber Nunes, advogado da banda, a decisão aconteceu em comum acordo com os integrantes do grupo. Ao portal Ibahia, o advogado disse que os músicos "ainda estão abalados" com a situação e temem a rejeição do público.
 No Facebook, pessoas indignadas fizeram montagens e 
comentaram retorno da banda:


CORRREIO
Postar um comentário