Header Ads

Justiça Eleitoral emite nota em que desconhece uma das pesquisa feitas em Ponto Novo

A Comarca  Eleitoral de Saúde confirma em certidão a legalidade da pesquisa da empresa SATC- Assessoria e Consultoria, registrada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE) com o número 000116/2012 que aponta empate técnico no município de Ponto Novo, e desconhece a pesquisa realizada pela P&A - Instituto de Pesquisa e Anal Soc e Econômica Ltda - que apresenta vantagem do candidato Marcos Silva(PSD) sobre os demais candidatos. Conforme CERTIDÃO OFICIAL emitida pela 115ª ZONA ELEITORAL não existe nenhum dado que comprove a  referida pesquisa.
Divulgação sem registro
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, os responsáveis pela divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações previstas na resolução ficarão sujeitos à multa que varia de R$ 53.205 a R$ 106.410. Há outras penalidades e multas estabelecidas na resolução, no tocante à divulgação de pesquisa fraudulenta. O veículo de comunicação que publicar pesquisa não registrada deverá arcar com as conseqüências dessa publicação, mesmo que esteja reproduzindo matéria divulgada em outro órgão de imprensa.
 
Ascom "Pra fazer muito mais" (Recebido por email)
Postar um comentário