Header Ads

Embasa admite que barragens estão em situação de alerta e pede racionamento de água

Situação da Barragem de Ponto Novo no dia 17/07/2011 (à esquerda) e  em 11/04/2012. Clique para ampliá-la.
Diante da escassez da água e da não previsão de chuvas para os próximos dias, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa pede à população, em especial do semi-árido, que economize água, utilizando-a de forma racional e consciente. Este apelo se deve à atual situação das barragens, que a cada dia têm a sua capacidade diminuída, algumas chegando ao colapso total, de que são exemplos as barragens do Paiaiá, que abastece o município de Saúde; Andorinha 2, que leva água para Andorinha; e a da Fonte Velha e de Nível do Bendó, que abastecem Jaguarari. Em todos estes casos, a Embasa está utilizando carros-pipa para entregar àgua à população.
Atualmente, outras barragens de grande importância estão em níveis críticos como a de São José do Jacuípe, que abastece os municípios de Capim Grosso, Quixabeira, Mairí, Várzea da Roça e Várzea do Poço, com apenas 10% de sua capacidade normal; a Barragem do França, que abastece os municípios de Piritiba, Miguel Calmon e Mundo Novo, que está com nível perto de 20%; e a de Ponto Novo, que abastece Caldeirão Grande, Filadélfia e Ponto Novo, entre outras localidades, está com nível de 50% de sua capacidade normal. Por tudo isso, a Embasa pede a compreensão de todos e a colaboração para a economia de água, evitando desperdícios.

Ascom Embasa – Unidade de Senhor do Bonfim
Postar um comentário