Header Ads

Barragem de Ponto Novo está com apenas 55% da sua capacidade

A fotos mostram a situação da Barragem de Ponto Novo no dia 17/07/2011 (à esquerda) e  em 11/04/2012. Clique para ampliá-la.
Há mais de um ano e alguns meses sem chuvas abundantes na região de Ponto Novo, as consequências da estiagem vêm provocando mudanças no cotidiano dos pontonovenses.
A situação se mantém desde o início de 2011, e tem sido tratada como a pior seca dos últimos 30 anos. Para Salvador Brito, coordenador geral da Cordec, é este longo período de estiagem que gera gravidade econômica e, por consequência, social, para a população do serão baiano. "O clima nessa região, em geral, já é seco por natureza", disse.
Desde 2011, não acontecem chuvas satisfatórias. A de março (do ano passado), não foi boa; a do inverno foi chuvinha fina, que molhou um pouco a terra, mas não formou nenhuma reserva de água. “De lá para cá, não choveu mais e cada dia que passa a situação se agrava”, afirmou.
A equipe de reportagem do Portal Acontece.net esteve visitando a barragem da cidade de Ponto Novo-BA e o que registrou foi uma situação preocupante, com o declínio acentuado no nível da água.
Na quarta-feira (11) o nível da capacidade da barragem era de 55%, segundo informações dos funcionários do setor. A barragem vem recebendo em media 500 mil litros por segundos, entretanto, vem liberando para o consumo uma media 1.000 litros por segundos. Somente o projeto de irrigação no setor industrial junto com os pequenos agricultores utilizam em media 1.500 litros por segundos para irrigar as áreas produtivas.
E mais, a equipe de reportagem registrou que o nível da água baixou mais de 2 metros, e caso continue assim, e se chegar a baixar 8 metros, poderá prejudicar o sistema de abastecimento da Embasa, que poderá, por sua vez, tomar outras atitudes para evitar a falta dágua na cidade. 

Redação: Ailton Cerqueira e Marcos Cleyton (PORTAL ACONTECE.NET)
Revisão: Portal Ponto Novo

Postar um comentário